Rosa Flor de Laranjeira

Tuesday, January 23, 2007

Por que escrever??????


Por que escrevo se ninguém lê? Será que é como Romeu e Julieta? Escrevo porque gosto de escrever. Não me interessa ser lida. Alguns dirão que uso essa página como diário...E eu direi que não...Alguém me questionará essa negativa...e eu responderei que o Diário, segundo o Aurélio significa: obra em que se registram, diária ou quase diariamente, acontecimentos, impressões, confissões....Então resta claro que este não é o meu diário.
Mas algum espertinho dirá que faço sim confissões nesse espaço....Novamente recorro ao Aurélio que me ensina que confissão é o Ato de confessar(-se) declarar os próprios pecados....então 2 x 0 para mim, porque não confessei anda aqui (pelo que me lembre).
Algum muito desaforado gritará para a tela dos eu computador que sou uma pessoa sem anda para fazer...A você, meu caro, sinto lhe decepcionar todavia tenho muita coisa a fazer, ler livros que nunca cogitei escrever, escutar músicas que afetarão minha audição, conhecer pessoas que me farão crer que a humanidade é realmente burra, assistir filmes que me deixarão certa que o que Hollywood melhor produz são filmes água com açúcar.....mas entre as milhares de coisas que tenho para fazer escolhi fazer esta escrever....
Enfim me deixem escrever pelo simples prazer de escrever....

2 Comments:

Blogger Lustato Tenterrara said...

2007?
Por que essa distância temporal?
Perdestes o senso?
Acaso não sabes mais o teu email;
ou tua senha!
Abraço.
Com gosto de quero mais.

bjs.
Lustato Tenterrara

Rede Brasil Poesias Prosa Verso Poemas e Relacionamentos

5:54 PM  
Blogger Lustato Tenterrara said...

E aí?
Morreu ou thá difícil?
como é que se pega um link lindo desse, assim, sem pena alguma, e coloca-se só um blog-post?

Decerto perdestes o senso; ou a vida!
E se for este último o caso, que estejas feliz, e que Manuel, o Bandeira, se aproxime de ti, e a ajude.

beijo.
Sincero.
Lustato

TeuCorpoETudoQueBrilha.blogspot.com

TeuCorpoETudoQueCheira.blogspot.com

Rosa! Flor de Laranjeira!

Belo fragmento do Poemeto Erótico de Manuel Bandeira

7:19 AM  

Post a Comment

<< Home